A Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps) encerra neste domingo (13) o ciclo de abordagens a crianças e adolescentes em situação de risco durante a Fan Fest no Farol da Barra. O projeto, intitulado Copa Social, teve início no dia 4 de julho com o objetivo de coibir o trabalho infantil e a exploração sexual de crianças e adolescentes. Além do Farol da Barra, bairros como Pelourinho (Centro Histórico), Imbuí e Plataforma e imediações da Arena Fonte Nova também receberam abordagens devido à realização de shows e transmissão de jogos nos locais.

No total, foram registradas 13 intervenções, que resultaram em 4.599 abordagens, com encaminhamento de 393 crianças e adolescentes a Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e residência de familiares. Dentre os critérios utilizados para abordagem estão o exercício de atividades laborais como venda, coleta de material reciclável, suspeita de exploração sexual ou comercial e acompanhamento de familiares que estavam trabalhando.

Além de receberem acompanhamento por profissionais especializados nos centros de referência, os agentes do órgão distribuíram 47 cestas básicas, além de material educativo e pulseiras de identificação para todos os abordados. Além do serviço desenvolvido com crianças e adolescentes, 23 adultos em situação de rua foram atendidos e encaminhados para casas de acolhimento. O projeto foi realizado das 12h às 22h e contou com um efetivo de 48 agentes da secretaria.

Compartilhar
Av. Joana Angélica, n.° 399, Ed. Fernando José - Nazaré, tel: 55 71 3202-3602 / 3202-3608