A Copa do Mundo do Brasil não será vista apenas em 2014. O Governo Federal e as cidades sedes dos jogos vão manter portais para todos terem acesso às informações sobre gastos e andamento dos projetos que envolvam o evento. Para que as atividades sejam mantidas de forma unificada, representantes das doze cidades sedes e do governo federal, fazem reuniões periódicas desde agosto de 2011. Aconteceu ontem (08) e hoje (09) em Salvador a oitava reunião da Câmara Temática da Transparência – Copa 2014. 

 

O balanço das ações foi apresentado no encontro, que durou dois dias e terminou ontem à tarde, no hotel Portobello, em Ondina. Participaram da abertura do evento, o Gestor do Escritório Municipal da Copa, Leonel Leal, o Secretário Estadual para Assuntos da Copa, Ney Campelo, e os representantes do Ministério do Esporte, Joel Benin, da Controladoria Geral da União, Maria de Fátima Rezende, e da Advocacia Geral da União, Teresa Cristina de Melo Costa. 

 

No fim da reunião ficaram estabelecidas novas metas que vão ser adotadas pelas cidades sede e os órgãos federais responsáveis pela Câmara. Para Leonel Leal, os encontros são uma forma de possibilitar o esclarecimento das ações em torno dos eventos esportivos que vão acontecer em Salvador e outras capitais brasileiras. “É clara a importância da transparência pública de todas as ações ligadas à Copa do Mundo FIFA 2014, tanto em respeito à legislação atual, quanto para assegurar os legados da Copa do Mundo FIFA 2014, especialmente no âmbito nstitucional, traduzido no estreitamento das relações entre os entes federais, estaduais e municipais, assim como entre os poderes legislativo, judiciário e executivo, além das entidades públicas e privadas, inclusive membros do terceiro setor”, salientou o gestor.

Compartilhar
Av. Joana Angélica, n.° 399, Ed. Fernando José - Nazaré, tel: 55 71 3202-3602 / 3202-3608