A Fifa quis promover seus próximos dois grandes eventos, a Copa das Confederações-2013 e a Copa-2014, que serão no Brasil. Coincidência ou não, a entidade começou a vender ontem pacotes de hospitalidade para os dois torneios.

 

 

São ingressos VIPs e para camarotes corporativos, que chegam a custar R$ 8 mil para os três jogos do Brasil na Copa das Confederações, por exemplo.

 

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, ressaltou o investimento que o Brasil faz para receber bem os turistas nos eventos e usou como garotos-propaganda o técnico Luiz Felipe Scolari, que assumiu a seleção brasileira em novembro, e o ex-atacante Ronaldo, que é membro do COL (Comitê Organizador Local).

 

"Convidamos todos a visitar o Brasil. Serão bem recebidos", disse Scolari, que anunciou os prêmios para os melhores treinadores: Vicente del Bosque (Espanha) entre os homens e a sueca Pia Sundhage, ex-seleção dos EUA, no feminino.

 

 

Um grupo de capoeiristas fez uma apresentação de cerca de dois minutos, um pouco antes de Ronaldo subir ao palco junto com a mascote da Copa-2014, o tatu-bola batizado de Fuleco.
 
"O Brasil está se preparando da melhor maneira possível, melhorando estádios, estradas e aeroportos", afirmou Ronaldo.
 

 

No dia 27 de janeiro, Valcke estará em Fortaleza para o primeiro jogo em um estádio que receberá os torneios, o Castelão. No dia seguinte, em Brasília, será lançado o pôster oficial da Copa do Mundo de 2014.

 

Fonte: Folha de São Paulo

Compartilhar
Av. Joana Angélica, n.° 399, Ed. Fernando José - Nazaré, tel: 55 71 3202-3602 / 3202-3608