O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, recebeu na última quinta-feira (10.01) o embaixador do Qatar, Mohamed Al-Hayki. O objetivo do encontro foi  estreitar as relações entre os países e estabelecer um termo de cooperação para a realização da Copa do Mundo, que acontecerá no Brasil em 2014 e no Qatar em 2022. “Espero que nossos países possam desenvolver e aprofundar as relações, não somente no esporte, mas em outras áreas. Temos uma grande presença árabe no Brasil: na nossa cultura, na culinária, na literatura e na formação do nosso povo. Essa identidade entre os países servirá como base para essa cooperação”, afirmou o ministro.
 
Entre as iniciativas propostas pelo país visitante está a instalação da Casa Qatar-Brasil, um centro cultural que deve ser fixado no Rio de Janeiro antes da realização do Mundial de 2014. “Pretendemos trocar experiência e conhecimento com os organizadores da Copa do Mundo no Brasil para a realização da Copa de 2022, em nosso país. Instalar a Casa Qatar-Brasil será um marco para o relacionamento entre os dois países”, disse o embaixador Mohamed Al-Hayki, ao ressaltar que uma delegação do país árabe visitará o Rio de Janeiro ainda este mês a fim de  verificar possíveis localidades para acomodação do centro cultural.
 
“O Qatar pode contar com nosso apoio para qualquer iniciativa de aproximação entre os dois países. Sou um entusiasta deste relacionamento e receberemos de braços abertos essa cooperação”, finalizou o ministro Aldo Rebelo.
 
O Qatar receberá a 22ª edição da Copa do Mundo que será a primeira edição realizada em um país do Oriente Médio. 

 

 

 

Histórico de cooperação

 

 

 
Em dezembro de 2012, o chefe de Gabinete do Ministério do Esporte, Vicente Neto, e o diretor de Comunicação do Comitê Supremo de 2022 do Qatar, Nasser Al-Khater, deram início a um memorando de entendimento para o intercâmbio entre atletas e técnicos de ambos os países. 
 
Entre os objetivos estão a troca de informações sobre o modelo de governança para a Copa, a cooperação nas áreas de futebol, arbitragem, qualificação técnica de jogadores, técnicos de futebol, administração e finanças e intercâmbio de experiências, inovação e informações sobre ciências do esporte na área universitária. As delegações concordaram em elaborar programas de trabalho específicos para as atividades. Além disso, uma comitiva daquele país foi convidada a visitar o Brasil para assistir à Copa das Confederações.

 

 

Fonte: Ministério do Esporte

Compartilhar
Av. Joana Angélica, n.° 399, Ed. Fernando José - Nazaré, tel: 55 71 3202-3602 / 3202-3608