O prefeito ACM Neto visitou, no final da manhã desta terça-feira (29), as obras da Arena Fonte Nova. Ao lado do governador Jaques Wagner, do ministro Aldo Rebelo (Esporte), do secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, dos ex-jogadores Ronaldo e Bebeto, que integram o Comitê Organizador Local da Copa, além de membros do consórcio responsável pela empreitada (Fonte Nova Negócios e Participações), secretários e parlamentares, o prefeito garantiu que o Executivo municipal fará sua parte, preparando a capital baiana para o principal evento futebolístico do mundo.

 

“Posso assegurar que a Prefeitura, em parceria com os governos estadual e federal e da Fifa, vai oferecer todas as condições para organizar e preparar a cidade para a Copa das Confederações deste ano e Copa do Mundo de 2014. Vamos fazer nossa parte”, disse ACM Neto em coletiva à imprensa, após a visita ao novo estádio, oportunidade na qual o prefeito conversou com trabalhadores, técnicos da Fifa e do consórcio responsável pelas obras, previstas para serem concluídas no dia 28 de março.

 

Na conversa com os jornalistas, ACM Neto citou ações da Prefeitura, algumas já iniciadas, envolvendo mobilidade urbana, a regularização da limpeza, melhoria da iluminação e requalificação da orla e do Centro Histórico, medidas que serão fundamentais para organizar a cidade e receber melhor os visitantes. Ele defendeu a criação de um calendário de eventos culturais e artísticos em 2014 e respondeu a perguntas dirigidas também ao governador, ao ministro Aldo Rebelo, ao secretário-geral da Fifa e aos ex-jogadores Ronaldo e Bebeto.

 

Metrô

 

Um dos questionamentos dos jornalistas foi sobre a situação das duas linhas do metrô. Jérôme Valcke, que elogiou o andamento das obras no estádio, lembrou que a Fifa não exigiu a conclusão da obra como fator determinante para a escolha de Salvador como cidade-sede da Copa do Mundo. O ministro Aldo Rebelo acrescentou: “Claro que, se parte do metrô estiver funcionando, é ótimo e vai ajudar muito. Mas essa obra, que é importante para Salvador, não é uma exigência da Fifa e não está na matriz de responsabilidade, que é aquele conjunto de compromissos assumidos pelos prefeitos das cidades-sedes”.

 

O governador afirmou que, conjuntamente com a Prefeitura, outras soluções de mobilidade estão sendo planejadas para facilitar o acesso ao estádio durante a Copa. Ele frisou que a questão do metrô está sendo resolvida em parceria com a Prefeitura, que vai transferir para o governo a responsabilidade pelo equipamento, possibilitando a integração entre as linhas um e dois. “Esse processo alcançou um bom nível de maturidade e teremos a licitação”, afirmou Jaques Wagner.

 

“Com a transferência da linha um, o governo do Estado vai ter condições de tocar o projeto”, emendou o prefeito. “Não acredito que a questão do cronograma do metrô tenha impacto na Copa. Estamos trabalhando em outras alternativas, dando prioridade ao acesso ao estádio, criando todas as condições de mobilidade”, complementou.

 

Lei municipal para garantir segurança jurídica

 

Antes da visita ao estádio, o prefeito ACM Neto participou de uma reunião de trabalho com representantes dos governos estadual e federal, da Fifa e do consórcio responsável pela construção da Arena Fonte Nova, no Pestana Convento do Carmo, no Centro Histórico.

 

Na oportunidade, o chefe do Escritório da Copa da Prefeitura de Salvador, Isaac Edington, fez uma exposição sobre o plano de mobilidade para o acesso ao estádio durante os jogos, partindo de diversos pontos da cidade, inclusive do aeroporto e do porto, que será requalificado. Ele citou ainda outras ações da Prefeitura, a exemplo da organização do comércio de rua e ampliação dos serviços de saúde, além do novo modelo de concessão e melhoria do transporte público, em fase de elaboração.

 

Na reunião, o prefeito informou que determinou à Casa Civil a finalização do projeto da Lei Municipal da Copa. “Como deputado, trabalhei no projeto da Lei Geral da Copa. Agora, é preciso adequar a legislação municipal à federal. Pedi para a Casa Civil acelerar a finalização do projeto municipal para encaminhá-lo à apreciação da Câmara”, afirmou o prefeito, durante o encontro realizado no Pestana Convento do Carmo, no Centro Histórico.

 

Aos participantes do evento, ACM Neto disse que trabalha há 29 dias para reestruturar a Prefeitura nas áreas administrativa e financeira e prometeu muitos investimentos na cidade até a Copa. “Entendo perfeitamente a importância do legado dos dois eventos (Copa das Confederações e Mundial) para o desenvolvimento de Salvador. Então, não vou poupar esforços para atender todas as demandas da Fifa”.

 

O prefeito lembrou que Salvador já organiza um dos maiores eventos de rua do planeta, que é o Carnaval. “Temos toda capacidade, portanto, de preparar e organizar a cidade para a Copa”, salientou. A abertura do encontro foi feita pelo secretário Ney Campello (Secopa), que também citou o Carnaval e detalhou os investimentos que estão sendo realizados no aeroporto de Salvador e na modernização do porto.

 

Ronaldo e Bebeto apostam em sucesso de Salvador

 

Os ex-jogadores Ronaldo e Bebeto, membros do Comitê Organizador Local da Copa, disseram que estão confiantes de que Salvador vai se destacar internacionalmente na Copa das Confederações e Copa do Mundo. “O estádio está lindo, é um dos mais belos do Brasil. Fica no meio da cidade, e dialoga com ela. Além disso, Salvador já está acostumada a promover grandes eventos, como no caso do Carnaval. Por isso, acredito sim que vai dar tudo certo”, afirmou Bebeto, que elogiou o trabalho desenvolvido nesses primeiros 30 dias pelo prefeito ACM Neto.

 

Ronaldo foi na mesma linha. Ele lembrou que já jogou contra o Esporte Clube Bahia na Fonte Nova. “O estádio está ficando lindo. Os trabalhadores estão de parabéns”, disse. “Pena que não vou poder jogar essa Copa. Sei que estou ajudando administrativamente na organização do evento, mas sei que poderia fazer melhor, render mais, dentro das quatro linhas”, brincou o eterno craque.

 

Fonte: AGECOM / PMS

Compartilhar
Av. Joana Angélica, n.° 399, Ed. Fernando José - Nazaré, tel: 55 71 3202-3602 / 3202-3608