Seis dos maiores nomes do futebol brasileiro, Amarildo, Bebeto, Carlos Alberto Torres, Marta, Ronaldo e Zagallo foram nomeados nesta quarta-feira (30/1) embaixadores da Copa do Mundo da FIFA Brasil2014. Representantes do “país do futebol”, os cinco campeões mundiais e a jogadora eleita cinco vezes pela FIFA a melhor do mundo terão o papel de promover a Copa das Confederações e a Copa do Mundo da FIFA, convocando brasileiros e estrangeiros a celebrarem os dois torneios, em 2013 e 2014.

 

A apresentação oficial ocorreu após a reunião de diretoria do Comitê Organizador Local (COL), no Rio de Janeiro. Por motivos particulares, Zagallo não pôde comparecer ao evento, mas enviou uma mensagem por vídeo e disse estar orgulhoso por representar o seu país mais uma vez.

“Na Copa do Mundo de 1950, eu era soldado. Hoje, estou sendo promovido a embaixador. É um salto muito grande, de soldado para embaixador. Juntos, seremos vitoriosos”, disse, emocionado, o “Velho Lobo”.

 

Companheiro de Zagallo na conquista do título no Chile, em 1962, Amarildo elogiou a escalação do time de embaixadores da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014.

 

 

“Uma equipe com tantos craques ganharia a taça com o pé nas costas, só tem feras”, acredita. “Já estive em outras convocações, mas sem dúvida é uma honra muito grande fazer parte desse time recheado de craques e em prol de algo que tenho certeza de que será um sucesso”, completou Marta.

Capitão do Tri, Carlos Alberto Torres destacou a honra de servir mais uma vez ao futebol brasileiro justamente no momento em que o país vai sediar o evento. Veteranos na organização da Copa do Mundo da FIFA 2014, por já serem membros do Conselho de Administração do COL, Bebeto e Ronaldo foram responsáveis por dar as boas vindas aos outros quatro ídolos.

 

A escolha dos embaixadores foi feita pelo COL, com a aprovação da FIFA. Antes do anúncio, representantes da FIFA, do COL e do Governo Federal participaram da reunião de diretoria do COL, onde foi apresentada a segunda versão do catálogo de Centros de Treinamento de Seleções (CTSs).

“O legado esportivo da Copa do Mundo da FIFA vai muito além dos belos e modernos estádios. Esse estudo, eventuais melhorias feitas nessas instalações e, claro, a visibilidade internacional alcançada pelos Centros de Treinamento selecionados, devem ser destacados no rol de legados deste evento”, afirmou o presidente do COL, José Maria Marin.

“Durante o encontro ficou decidido que a FIFA, o COL e o Governo Federal farão reuniões operacionais em todas as sedes da Copa das Confederações para garantir o êxito do evento. Tratamos também de questões como abastecimento de energia e logística, e todos os preparativos estão andando de forma adequada, para que tudo esteja pronto para a Copa das Confederações e Copa do Mundo. Posso afirmar que as notícias são tranquilizadoras em relação à preparação do evento”, disse o secretário executivo do Ministério do Esporte, Luis Fernandes.

 

 

Fonte: FIFA

Compartilhar
Av. Joana Angélica, n.° 399, Ed. Fernando José - Nazaré, tel: 55 71 3202-3602 / 3202-3608