As cinco estrelas bordadas na camisa da Seleção brasileira representam mais que qualquer posição do País no ranking da FIFA. Pelo menos é isso que garante o técnico da equipe, Luiz Felipe Scolari, responsável pela última grande conquista nacional, em 2002.

 

De volta à capital britânica, os integrantes da delegação brasileira foram questionados pela imprensa local sobre a posição incomum ocupada na lista dos melhores times do mundo, organizada pela entidade máxima do futebol.

 

Atualmente, o Brasil é apenas o 18° colocado, atrás de países com muito menos tradição no esporte, como Suíça, Costa do Marfim, Grécia e Equador. Por isso, os repórteres ingleses não perdoaram Scolari.

Ao ser questionado sobre qual seria a explicação para posição tão ruim na classificação, Felipão foi curto e ironizou: “O ranking da FIFA coloca o Brasil como cinco vezes campeão do mundo. Se isso quer dizer alguma coisa, não sei...”. A Rússia, adversária do Brasil, está na 10 colocação.

O mesmo questionamento foi feito ao zagueiro - e um dos capitães do time - David Luiz. O jogador do Chelsea também achou graça da pergunta e respondeu em tom semelhante ao de seu comandante. "A gente não joga as Eliminatórias e por isso não conta pontos", rebateu com a explicação técnica para a queda da Seleção no ranking.

David Luiz ainda debochou da pergunta afirmando que "as pessoas gostam de falar do Brasil porque sempre somos o primeiro foco no mundo todo pelo fato de sempre termos feito grandes resultados. Somos o País com o maior número de mundiais, então é natural que as pessoas sempre falem do Brasil".

Para o zagueiro, “a gente não está jogando Eliminatória então não tem como pontuar. Mas o Brasil é o Brasil e não nos preocupamos com essas coisas. Só nos preocupamos em ganhar nossos próximos jogos".

Fonte: Terra.com

Compartilhar
Av. Joana Angélica, n.° 399, Ed. Fernando José - Nazaré, tel: 55 71 3202-3602 / 3202-3608