O ministro de Comunicações do Brasil, Paulo Bernardo, afirmou nesta quinta-feira que os 12 estádios que serão usados na Copa do Mundo de 2014 serão "distribuidores" de internet no futuro.

 

"Esse será um dos legados do Mundial para cada uma das 12 cidades" que serão sedes da Copa do Mundo, disse o ministro em entrevista coletiva.

 

Segundo ministro, para cumprir com as exigências da Fifa, cada um dos estádios contará com duas redes de internet paralelas, a fim de garantir que não haja interrupções no serviço, e cada uma delas terá uma capacidade de transmissão de 50 megabites por segundo.

 

"Essa capacidade, muito superior à requerida para os campeonatos locais, será distribuída depois do Mundial nas cidades sedes e os estádios serão assim o ponto de partida de novos planos para levar internet de alta velocidade a seus arredores", disse Paulo Bernardo.

 

A Copa do Mundo acontecerá nas cidades de Salvador, Recife, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Fortaleza, Cuiabá, Curitiba, Manaus, Natal, Porto Alegre e São Paulo. Todas essas cidades contarão com telefonia e internet móvel de quarta geração (4G), um serviço que desde terça-feira está disponível no Rio de Janeiro, Brasília, Salvador, Fortaleza, Belo Horizonte e Recife, que no próximo mês de junho receberão a Copa das Confederações, assim como em São Paulo.

 

Segundo o ministro, 11 das 12 cidades sedes do Mundial já contam com conexão de fibra óptica. A única exceção é Manaus, mas esse problema será solvido a partir de junho, quando terminará a instalação de uma conexão elétrica que está em construção através da floresta amazônica e pela qual discorrerão em paralelo os cabos de fibra óptica.

 

O custo da obra, segundo o Ministro, é de R$ 1,8 bilhão e, embora servirá para dotar Manaus da tecnologia necessária para o Mundial, não está associada diretamente à competição, mas faz parte dos planos oficiais para levar internet de alta velocidade ao país.

 

A intenção do Governo, além das necessidades de cada um dos eventos esportivos, é que em um prazo de dez anos todo o país, incluídas as áreas rurais e selváticas, tenham serviços de internet de alta velocidade.

 

Fonte: MSN

Imagem: Internet

Compartilhar
Av. Joana Angélica, n.° 399, Ed. Fernando José - Nazaré, tel: 55 71 3202-3602 / 3202-3608