Foto: Ulisses Dumas 

Daqui a exatamente um ano, a bola vai rolar para a abertura da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. Confira abaixo a expectativa de representantes das 12 cidades brasileiras que receberão os jogos da mais importante competição de futebol.

Salvador

 

Jaques Wagner, governador da Bahia

"A Copa do Mundo é um exemplo da convivência pacífica entre culturas e povos diferentes. A Bahia, terra onde a diversidade é praticada no dia-a-dia, está muito à vontade como uma das sedes da maior competição de futebol do planeta. Aqui, pessoas de todo o mundo conhecerão nossa hospitalidade, sentindo-se como se estivessem em sua própria casa".

Antônio Carlos Magalhães Neto, prefeito de Salvador

"Salvador estará pronta para receber com alegria e profissionalismo as seleções, os torcedores e os dirigentes da FIFA para a Copa do Mundo 2014. Tenho absoluta consciência da grandiosidade do evento, que tem dimensão mundial, e estou convicto que a competição trará inúmeros benefícios para o nosso povo e para nossa cidade. É a busca desse legado que nos faz trabalhar duro para que todos ganhem e sejam felizes com a Copa".

 

 

Belo Horizonte

Antonio Anastasia, governador de Minas Gerais

 

"A Copa das Confederações se aproxima e não poderia ser mais positiva a expectativa de Minas e dos mineiros para este importante evento do futebol mundial. Desde 1950, esta é a primeira vez que nosso estado tem a oportunidade de receber um torneio esportivo deste porte que, além de sua importância por si só, servirá como o mais desafiador e relevante teste para a Copa do Mundo de 2014. O Governo de Minas Gerais se empenhou na preparação da nossa casa para receber estas duas competições em que milhões de pessoas de todo o mundo voltarão suas atenções para o Brasil. Cada detalhe foi pensado para que os visitantes possam contar com uma infraestrutura adequada".

 

Marcio Lacerda, prefeito de Belo Horizonte

"Belo Horizonte já está no clima da Copa do Mundo. O belorizontino é apaixonado por futebol e, durante a Copa das Confederações, a população já poderá sentir, em primeira mão, o gosto da grande festa que ocorrerá daqui a um ano. Temos a certeza de que BH está realizando uma preparação à altura dessa ocasião histórica e que a hospitalidade do povo mineiro vai dar um brilho especial a todo este trabalho. Neste momento somos todos membros de um grande time e quero agradecer a todos pela parceria".

Brasília

Agnelo Queiroz, governador do Distrito Federal

"Daqui a um ano, teremos o número máximo de partidas (sete no total) do Mundial de 2014. Os olhos do mundo estarão voltados para o Brasil, e, muito especialmente, para Brasília. Para nós, é uma grande responsabilidade e missão que vamos cumprir, pois fizemos todos os esforços para garantir o sucesso desses eventos – sucesso esse que depende de todas as unidades da Federação e de todo o povo brasileiro".

Cuiabá

Silval Barbosa, governador do Mato Grosso

"Nossa expectativa não poderia ser melhor. Em breve, com a Arena Pantanal, o Veículo Leve Sobre Trilhos, as novas vias e as antigas duplicadas, as novas trincheiras e os novos viadutos, Cuiabá terá avançado muito, mas muito mesmo.  Afora a melhor expectativa, passamos também, desde já, por um período de ansiedade, pois enquanto aguardamos, preparamos aquela recepção para o povo do mundo que em 2014 vem nos conhecer".

 

Curitiba

Beto Richa, governador do Paraná

"A Copa é um evento esportivo extraordinário e uma oportunidade para que o mundo nos conheça melhor. O Paraná é uma terra colonizada por gente de todos os continentes e está preparado para receber com muito respeito e carinho os torcedores que nos visitarem. Fizemos um grande esforço para que a nossa capital Curitiba estivesse entre as cidades-sede, porque também acreditamos que a realização do mundial da FIFA deixa um importante legado para a nossa sociedade".

Gustavo Fruet, prefeito de Curitiba

"A proximidade da Copa do Mundo aumenta nossa responsabilidade. Desde que assumimos a administração municipal, estamos fazendo um grande esforço para assegurar que Curitiba mantenha a tradição de organização e inovação. Assumimos com o governo federal o compromisso de acelerar e cumprir o prazo de execução das obras do PAC da Copa. Toda a nossa equipe está empenhada na organização do Mundial. Não tenho dúvida de que Curitiba cumprirá com êxito a missão de sediar o maior evento esportivo do planeta".

 

Fortaleza

Cid Ferreira Gomes, governador do Ceará

"A escolha de Fortaleza como uma das sedes da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 é a oportunidade que o cearense tem para mostrar ao mundo sua alegria e sua hospitalidade.  Sem dúvida, os frutos desse grande evento serão colhidos por várias gerações de cearenses. A Copa será ainda o momento de provarmos que podemos ser protagonistas de um grande momento para o Brasil.  Desde já, em nome de todos os cearenses, desejo boas-vindas às seleções e aos apaixonados por futebol".

Manaus

Arthur Virgílio Neto, prefeito de Manaus

"Nossas expectativas são ambiciosas. Vamos aproveitar essa imensa vitrine que se abrirá sobre as cidades que sediam a Copa de 2014 para consolidar Manaus como um polo turístico, tanto no mercado internacional quanto no mercado interno, aproveitando nossa biodiversidade, as belezas naturais, a culinária, a cultura, o nosso talento natural para os esportes radicais e as lutas marciais".

 

Natal

Rosalba Ciarlini, governadora do Rio Grande do Norte

"Falta exatamente um ano para o início da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014, mas no Rio Grande do Norte, ela já começou. Ter a oportunidade de sediar o maior evento esportivo do planeta é motivo de grande orgulho para nós potiguares, que trabalhamos com afinco para apresentar as potencialidades de Natal e do Rio Grande do Norte para o mundo inteiro. Ser uma das cidades-sede da Copa do Mundo já nos garantiu investimentos que antes faziam parte apenas de projetos para o futuro. Tenho certeza que iremos promover um dos espetáculos mais bonitos que o mundo já viu".

 

Porto Alegre

Tarso Genro, governador do Rio Grande do Sul

"O Rio Grande do Sul está preparado para receber a Copa, Porto Alegre está preparada e todas as cidades gaúchas estão se preparando. Por isso, nós temos a convicção que vamos receber bem a comunidade internacional que venha ao nosso Estado e ao nosso país. Mais uma vez, o Rio Grande do Sul vai dar um exemplo de organização, de coesão entre as autoridades, de seriedade e responsabilidade no tratamento das instituições privadas que estão envolvidas. E, sobretudo, criar aqui um grande e vital corrente de energia de energia para que possamos, no final, trazer novamente uma Copa do Mundo que contagie o coração do nosso povo".

José Fortunati, prefeito de Porto Alegre

"Desde a confirmação como cidade-sede, Porto Alegre encara a Copa do Mundo de 2014 como uma oportunidade única de desenvolvimento econômico e de qualificação da infraestrutura da cidade. Estamos trabalhando intensamente - unindo a mobilização do poder público com a iniciativa privada, a população e os trabalhadores - para ser referência na organização e na recepção dos turistas. Grandes investimentos são feitos na modernização dos espaços públicos, do setor de serviços e da estrutura turística para receber os visitantes de forma qualificada e mostrar todas as potencialidades da nossa cidade".

 

Recife

Eduardo Campos, governador de Pernambuco

"Faltando um ano para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014, Pernambuco vive um momento muito especial e uma grande expectativa. Todos os esforços estão sendo feitos para que o evento fique marcado na memória de todos os que dele desfrutarem. Certamente, daqui a um ano, teremos grandes jogos, estádio cheio e um clima de muita paz, de respeito, de união. Nessa competição, a nossa certeza é uma só: a de que todos sairão vencedores".

Geraldo Julio, prefeito de Recife

"Temos plena certeza de que o Recife e Pernambuco realizarão um grande evento. O trabalho integrado entre os vários níveis da administração pública já rende importantes frutos, como a antecipação da entrega da Arena em sete meses e a aceleração das obras de mobilidade urbana, que ficarão prontas para a Copa. Toda a Região Metropolitana do Recife herdará um legado bastante positivo com a conclusão de intervenções como a Via Mangue e os corredores Leste-Oeste e Norte-Sul. Estamos prontos para fazer uma ótima Copa do Mundo e para receber bem os visitantes".

 

Rio de Janeiro

Sérgio Cabral, governador do Rio de Janeiro

"Falta um ano para a Copa do Mundo da Fifa. E o Rio de Janeiro se orgulha em receber o maior evento do esporte mais popular do planeta. Esta competição marca o novo momento que o Rio vive: um tempo de melhor infraestrutura e de mais segurança para os seus moradores e visitantes. O Rio está pronto, o Maracanã está pronto e a população está preparada para receber, com entusiasmo, de braços e coração abertos, torcedores de todas as partes do planeta. Seja muito bem-vindo! E faça parte desse nosso futuro de paz e desenvolvimento".

Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro

"Se o Brasil é conhecido mundialmente como o país do futebol, o Rio de Janeiro é, sem dúvida, a capital do esporte. Cidade sede das Olimpíadas de 2016 e palco da grande final da Copa 2014 de FIFA, além da Copa das Confederações, o Rio e os cariocas respiram futebol. A profunda transformação por que a Cidade Maravilhosa está passando já é visível para aqueles que moram ou visitam o Rio. O principal legado desses grandes eventos vai ser uma cidade ainda melhor para se viver e trabalhar. A um ano do início da Copa, estamos prontos para receber os atletas e torcedores que farão desta a maior e melhor festa do esporte mundial".

 

 

São Paulo

Nádia Campeão, prefeita em exercício de São Paulo

"É com otimismo que São Paulo abre a contagem regressiva de um ano para a Copa do Mundo. Em 2014, caberá à cidade receber não apenas seis jogos do torneio – mas também o 64º Congresso da Fifa, uma grande Fan Fest e, claro, a cerimônia de abertura do Mundial. Temos trabalhado para cumprir compromissos e responsabilidades – mas também para garantir, em São Paulo, uma Copa com participação popular, transparência e legados consistentes".

 

Fonte: FIFA.com

Compartilhar
Av. Joana Angélica, n.° 399, Ed. Fernando José - Nazaré, tel: 55 71 3202-3602 / 3202-3608