A Copa das Confederações do Brasil começa neste sábado (15) e, na próxima quinta-feira (20), acontece a primeira partida em Salvador, com o confronto entre as seleções da Nigéria e do Uruguai, na Arena Fonte Nova. Durante todo o evento, a Prefeitura do Salvador estará atuando diretamente em diversas frentes, como atendimento de saúde, proteção das marcas dos patrocinadores, o ordenamento do comércio informal, serviços de limpeza, iluminação e monitoramento.

 

"Estamos dando os últimos retoques para que tudo funcione para garantir o sucesso deste grande evento em Salvador", afirma o secretário do Escritório Municipal da Copa, Isaac Edington, lembrando que todos os órgãos municipais envolvidos na realização do evento estão preparados para atuar de forma articulada, a exemplo do que aconteceu no Carnaval.

 

Ele diz que os fiscais da Prefeitura vão coibir a venda de produtos piratas e materiais de marcas autorizadas de forma irregular. "Vamos também estar atentos à distribuição de brindes, especialmente àqueles que possam oferecer riscos ao público dentro da arena esportiva", avisa Edington.

 

O secretário orienta a população e turistas a, se possível, evitar ir ao estádio de carro, optando pelo transporte coletivo. Outro alerta importante é com relação à chegada ao estádio. "Pedimos aos espectadores que cheguem ao local do jogo com antecedência. Desta forma, eles também poderão desfrutar de todas as experiências que estão sendo oferecidas ao público dos jogos", afirma Isaac Edington.

 

Neste sábado, a partir das 18h, a Prefeitura, através de um grupo de trabalho liderado pela presidente da Limpurb, Kátia Alves, vai percorrer diversos roteiros relacionados à realização da Copa. A proposta para fazer a varredura é para identificar possíveis problemas em áreas como iluminação, limpeza, recuperação de asfalto, entre outras.

 

Atendimento de saúde de forma integrada

 

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) já conta com todo plano operativo definido para prestar serviços com qualidade e eficiência aos soteropolitanos e turistas que estarão na capital baiana na Copa das Confederações.  Para garantir o atendimento de urgência e emergência, mais de 130 profissionais estarão envolvidos nos quatro Postos Médicos Avançados (PMAs) que serão instalados no entorno da arena: Brotas, Fórum Ruy Barbosa, Nazaré e no 5º Centro de Saúde. Essas estruturas são similares aos Módulos de Assistência à Saúde montadao durante o Carnaval.

 

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estarão presentes em toda região da Arena Fonte Nova, assegurando  atendimento imediato ao público. Os profissionais de saúde, inclusive equipes do Samu, atuarão ainda nos três pontos definidos pela Fifa para exibição das partidas: Cajazeiras, Jardim de Alá e Ribeira, articulando ações de assistência e vigilância em saúde, o que inclui as Vigilâncias Sanitária, Epidemiológica, de Saúde Ambiental e o Centro de Referência à Saúde do Trabalhador.

 

As ações contarão ainda com o apoio da Força Nacional do SUS, composta por profissionais capacitados para serem mobilizados em situações específicas como grandes eventos, desastres e catástrofes. O grupo reforçará as equipes de saúde não apenas de Salvador como das demais cidades-sedes.

 

A fim de monitorar as ocorrências e garantir resolutividade ao atendimento das mesmas, será montado na Central do Samu, no bairro do Pau Miúdo, o Centro Integrado de Operações Conjuntas em Saúde (CIOCS), que contará com representantes do Ministério da Saúde, Anvisa, Agência Nacional de Saúde (ANS) e Secretarias Estadual e Municipal de Saúde. A proposta é reunir numa única estrutura todos os órgãos ligados à saúde, otimizando a comunicação entre eles e realizar o monitoramento das estruturas assistenciais estaduais e municipais, em tempo real. Isso facilitará ainda a identificação dos problemas e sua posterior correção, além de constituir uma base para a regulação de pacientes e retaguarda dos serviços de urgência.

 

Esquema especial de limpeza e ordenamento

 

A Limpurb planejou um esquema especial para a coleta de lixo no entorno da Arena Fonte Nova, que contará com cerca de 70 agentes de limpeza, trabalhando para garantir que até quatro horas após os jogos toda a área esteja limpa. As ações da Limpurb serão concentradas na Avenida Joana Angélica, Ladeira da Fonte Nova, Nazaré, Dique do Tororó, Bonocô e Vasco da Gama. Desde o mês de março, um grupo intersetorial montado para as ações da Copa das Confederações já realiza intervenções em iluminação, tapa-buraco, poda de árvores, recuperação de passeios, recuperação de praças e abrigos de ônibus, passarelas, viadutos, semáforos, carros abandonados em via pública, entre outras ações.

 

Ambulantes - Em uma conquista assegurada pela Prefeitura do Salvador junto à Fifa, a Secretaria Municipal da Ordem Pública (Semop) está licenciando 600 comerciantes informais (ambulantes) para trabalhar no entorno da Arena Fonte Nova durante os jogos da Copa das Confederações. Eles só estão autorizados a vender bebidas das marcas dos patrocinadores do evento (Ambev e Coca-Cola). Para isso, receberão junto com a licença um kit das marcas para comercialização dos produtos. A secretária Rosemma Maluf ressalta que nenhum deles poderá vender alimentos.

 

De acordo com a secretária, o credenciamento será feito no próximo dia 18, na sede da Semop, na Rua 28 de Setembro (Baixa dos Sapateiros),  das 8h às 17h, ou até o momento em que todas as vagas tenham sido liberadas. "Quem não tiver a licença ou não estiver usando o uniforme distribuído com o kit, não poderá atuar no local", enfatiza a secretária. A fiscalização será feita pelos agentes da Semop, com o  apoio da Guarda Municipal.

 

Central de videomonitoramento

 

Durante a Copa das Confederações, os órgãos municipais envolvidos diretamente na realização do evento estarão acompanhando toda movimentação na cidade, através da Central de Monitoramento da Companhia de Governança Eletrônica de Salvador (Cogel). Por conta disso, serão instaladas câmeras de videomonitoramento em locais como proximidades dos hotéis onde ficarão as delegações, imediações do Aeroporto, Avenida Luis Viana (Paralela) e no entorno da Arena Fonte Nova.

 

As imagens e informações coletadas pelas câmeras servirão para que órgãos, a exemplo do Escritório Municipal da Copa (Ecopa), Secretaria de Ordem Pública (Semop), Empresa de Limpeza Urbana (Limpurb), Superintendência de Trânsito e Transporte de Salvador (Transalvador), Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo do Município (Sucom), além da Polícia Militar, possam atuar prontamente para resolver os problemas detectados.

 

As delegações ficarão hospedadas nos hotéis Matiz (Costa Azul), Deville (antigo Quatro Rodas), Catussaba  e Grande Hotel de Stela Maris e terão como Centros de Treinamento os estádios Manoel Barradas e de Pituaçu.  Todas essas áreas terão cobertura do serviço de monitoramento da Cogel.

 

Respeito aos direitos dos cidadãos

 

A Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps) contará com 110 profissionais para atuar no combate à violação de direitos de crianças, adolescentes, idosos e população em situação de rua no período da Copa das Confederações, em Salvador. A Semps terá 11 equipes, formadas por cinco técnicos da secretaria e cinco voluntários cada,  que atuarão dentro e no entorno da Arena Fonte Nova, cumprindo plantões de 12 horas nos dias dos jogos.

 

Para apoiar o trabalho da secretaria, foi criado o Centro de Convivência para Crianças e Adolescentes, que funcionará em tempo integral no Centro de Referência Especializado da Assistência Social (Creas) do Bonocô, localizado na Rua Mário Leal Ferreira, s/nº, com acesso pela Rua das Pitangueiras, no bairro de Brotas.

 

Os profissionais e voluntários escalados para trabalhar na Copa das Confederações serão recebidos pelo secretário Mauricio Trindade, gestor da Semps,  na manhã desta segunda-feira (17), na Faculdade Unijorge, no Comércio, e, em seguida, participarão de palestras de capacitação ministradas por técnicos da Semps e do Centro de Defesa da Criança e do Adolescente Yves de Roussan (Cedeca).

 

Defesa Civil em alerta e ações de iluminação

 

Equipes da Defesa Civil de Salvador (Codesal) realizaram na manhã desta sexta-feira (14) mais uma reunião com representantes do Sistema Municipal de Proteção e Defesa Civil (SMPDC) e do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) da Defesa Civil Nacional. O objetivo do encontro também foi alinhar as ações para a Copa das Confederações.

 

A equipe da Codesal também está presente no Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICC). "Já temos uma experiência no monitoramento, pois, independentemente da Copa,  já atuamos com essa ferramenta no Carnaval que é um evento que também agrega uma quantidade muito grande de pessoas", explica o diretor-geral da Codesal, Alvaro da Silveira Filho.

 

O órgão, que trabalhou durante a implosão da Fonte Nova, vem atuando constantemente nas oficinas voltadas para a Copa das Confederações com planejamento e criando uma série de protocolos em tais eventos. O objetivo é garantir proteção civil aos atletas, trabalhadores e para aqueles que vêm à capital baiana prestigiar a festa, com ações rápidas para atender todas as demandas que podem ocorrer durante o evento

 

Iluminação - Onze equipes da Semop estarão trabalhando em parceria com a Coelba, com profissionais de prontidão durante as 24 horas para resolver quaisquer problemas que surjam não só na área da Arena Fonte Nova, como também nas principais vias da cidade, nas áreas próximas  aos hotéis e centros de treinamento onde estarão as delegações do Brasil e dos outros países que jogarão em Salvador.

 

Também será dada atenção especial aos pontos turísticos que deverão atrair muitos visitantes brasileiros e estrangeiros interessados em conhecer a arte, a cultura e a história local.

 

Guarda Municipal nas ruas

 

Nos dias de jogos, 350 agentes da Superintendência de Segurança Urbana e Prevenção à Violência (Susprev) estarão trabalhando no apoio à fiscalização do ordenamento dos ambulantes, realizado pelo Semop e na ação de proteção de marcas da Sucom e de outros órgãos da Prefeitura que estão atuando no evento. Além disso, os guardas municipais vão dar suporte ao serviço de segurança do público e do patrimônio na área da Arena Fonte Nova.

 

 

Fonte: Agecom Salvador 

Compartilhar
Av. Joana Angélica, n.° 399, Ed. Fernando José - Nazaré, tel: 55 71 3202-3602 / 3202-3608