Após o sucesso da Copa das Confederações de 2013, que teve média de público de 50.291 pessoas por partida, a FIFA marcou para 19 de julho a data de anúncio de detalhes de como serão a venda, os preços e as categorias dos ingressos para a Copa do Mundo Brasil 2014. A primeira fase de comercialização está marcada para começar no dia 20 de agosto. O Mundial de 2014 será disputado de 12 de junho a 13 de julho em 12 sedes.

Os números do torneio que terminou neste domingo, com o título da Seleção Brasileira sobre a Espanha, foram divulgados segunda-feira (01.07), no Rio de Janeiro, durante um balanço feito por representantes da FIFA, do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo (COL) e do governo federal.

Os 16 jogos da competição disputada entre oito seleções levaram aos estádios das seis sedes um público total de 804.659 pessoas. A final entre Brasil e Espanha, no Maracanã, foi a partida que teve mais torcedores: 73.531. Taiti e Nigéria, primeiro jogo no Mineirão, em Belo Horizonte, foi o de menor público, com 20.187 pessoas.

A média de público só perde para a edição de 1999, realizada no México, que terminou com 60.625 pessoas por jogo. A audiência das transmissões de jogos também superou as expectativas. A semifinal entre Brasil e Uruguai, disputada no Mineirão, teve 53,5 milhões de espectadores em nove mercados chave.

Com muitas goleadas, principalmente sobre o Taiti, a Copa das Confederações 2013 teve média de gols de 4,25 por partida, maior do que as marcas das últimas seis edições do torneio. Uma curiosidade é que foi a primeira vez que os pênaltis perdidos (cinco) superaram os convertidos (quatro).

Além de se sagrar campeão, o Brasil quebrou alguns recordes da competição. A Seleção Brasileira se tornou a primeira a vencer três Copa das Confederações seguidas, em 2005, 2009 e 2013. Das cinco finais que disputou, o Brasil ganhou quatro: também foi campeão em 1997 e perdeu para o México, em 1999. Em cada uma dessas finais, a Seleção marcou pelo menos três gols. Além disso, o time canarinho estabeleceu dois recordes: 12 vitórias consecutivas e 13 jogos sem perder na Copa das Confederações.

A FIFA também divulgou números da organização. A infraestrutura do torneio contou com seis estádios (Maracanã, Mineirão, Castelão, Fonte Nova, Mané Garrincha e Arena Pernambuco), sete aeroportos, 14 locais oficiais de treino e 15 hotéis. O Comitê Organizador Local utilizou 7.800 funcionários na competição. As cidades-sede contaram com 3.476 trabalhadores nos estádios. A FIFA teve 5.562 voluntários, para quem serviu 40.000 refeições durante o torneio.

Fonte: Portal da Copa

Compartilhar
Av. Joana Angélica, n.° 399, Ed. Fernando José - Nazaré, tel: 55 71 3202-3602 / 3202-3608