Cinco municípios da Bahia serão beneficiados pelo Programa de Hospedagem Cama e Café, da Secretaria do Turismo da Bahia, que foi lançado na sexta-feira (26.07), em Salvador. Além da capital baiana, que vai receber seis jogos válidos pela Copa do Mundo de 2014, o programa beneficia os municípios de Cachoeira, Santo Antônio de Jesus, Amargosa e Cruz das Almas, que sediam grandes eventos culturais e religiosos como o São João, Festa da Irmandade da Boa Morte e Feira Literária Internacional de Cachoeira (Flica).

O programa está na fase piloto, em parceria com o Sebrae, e deve beneficiar 500 pessoas em quatro anos. Para o secretário do Turismo da Bahia, Domingos Leonelli, “o Projeto Cama e Café é uma forma de democratizar a participação na renda e economia do turismo, pois mais pessoas poderão participar da atividade de hospedagem mesmo sem pertencer a uma rede hoteleira e sem ser proprietário de grandes hotéis”.

O secretário ressalta ainda que a iniciativa vai viabilizar a chance de pessoas que não podem pagar hotéis caros tenham onde se hospedar no meio alternativo, mais barato, também confortável e profissional. “Nosso esforço é para profissionalizar o setor, fazer com que essa hospedagem, embora alternativa, seja digna e que faça o hóspede voltar”, diz.

Os 112 inscritos no programa receberão curso de qualificação profissional de como receber bem, de como adaptar a casa para hospedagem, além de consultorias especializadas, individualizadas para cada casa, fornecida pelo Sebrae. Haverá ainda linhas de crédito do Banco do Nordeste e classificação gratuita dos meios feita pelo Sebrae.

Experiências

Segundo a consultora do Sebrae Carolina Chagas, outra intenção do programa é fortalecer um novo segmento do turismo, que é crescente no mundo inteiro: o de viver as experiências da população nativa.

Nos municípios de Cachoeira, Amargosa, Cruz das Almas e Santo Antonio de Jesus, a ideia mantém a concepção do modelo usado na capital, acrescentando um item especial, que é a complementação dos meios de hospedagem, pois as regiões possuem uma quantidade insuficiente de leitos para abrigar turistas, especialmente em grandes eventos.

De acordo com o Ministério do Turismo, o empreendimento de Cama e Café inclui locais de hospedagem que devem ter apenas três unidades de acomodações para uso turístico, em que o dono more no local e haja serviços de café da manhã e limpeza.

Fonte: Portal da Copa / Governo da Bahia 

Compartilhar
Av. Joana Angélica, n.° 399, Ed. Fernando José - Nazaré, tel: 55 71 3202-3602 / 3202-3608