O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) lançou na semana passada uma plataforma na qual pequenos empresários poderão ter acesso a informações de segmentos relacionados à Copa do Mundo de 2014. Batizado de “Programa Sebrae 2014” o banco de dados vai oferecer informações sobre 10 setores da economia nacional que tenham ligação direta e indireta com o evento. 

 

As micro e pequenas empresas responderam por 90% dos empregos líquidos do mês de junho no País e com a Copa poderão gerar ainda mais vagas. 

A principal função da ferramenta é identificar oportunidades e ajudar microempresários a ampliarem seus negócios. As informações estão concentradas nas 12 cidades-sede da Copa: Brasília, Belo Horizonte, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. O conteúdo, porém, está disponível para todos interessados no endereço www.sebrae2014.com.br.

 

O sistema foi criado com o auxílio da empresa catarinense Knowtec, especializada em sistemas de gestão. O programa piloto começou em 2010, quando o Sebrae identificou, juntamente com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), quase 930 opções de negócios nessas cidades. Estão à disposição dos empreendedores os segmentos de turismo, economia criativa, comércio varejista, serviços, artesanato, construção civil, madeira e móveis, tecnologia da informação e comunicação, agronegócios e moda. 

 

Luiz Alberto Ferla, CEO da Knowtec, explica que o projeto começou a ser desenhado em 2010, quando a empresa começou a desenvolver a ferramenta. “As grandes empresas possuem condição de investir em sistemas inteligentes e na busca de informações, agora, os pequenos empresários também terão acesso a essa tecnologia”. A Copa do Mundo vai movimentar algo em torno de R$ 135 bilhões, sendo que, dois terços dessa receita virão de comércios e serviços relacionados a micro-negócios.

 

Navegação e investimentos

 

Ferla explica que, a ferramenta é simples, o empresário acessa as informações no portal e visualiza os dados do mercado em que ele está interessado. Ele também poderá, por meio de um cadastro, receber um clipping diário de notícias relacionadas à Copa. Sobre a possibilidade de o site intermediar negócios, Ferla explica que, não é a função primária da ferramenta, mas que isso dependerá das empresas que farão uso dela. 

 

Um outro ponto muito importante é o recebimento de avisos de licitações, o que diretamente poderá ser um dos serviços mais importantes da ferramenta. “Eles terão acesso a oportunidades e licitações por parte do governo de serviços e produtos que poderão ser prestados e oferecidos durante o evento”. 

 

Para atender a demanda do Sebrae, a Knowtec investiu nos últimos anos entre até R$ 5 milhões em processos que envolvem tecnologia de busca, inteligência artificial, software, hardware e profissionais qualificados que, dedicados à plataforma chegam a 30 pessoas em três escritórios: Santa Catarina, Brasília e São Paulo. 

 

Fonte: Istoé Dinheiro 

Compartilhar
Av. Joana Angélica, n.° 399, Ed. Fernando José - Nazaré, tel: 55 71 3202-3602 / 3202-3608