Na véspera do início da primeira fase de venda de ingressos para a Copa do Mundo da FIFA Brasil2014, o diretor de Marketing da FIFA e responsável pela área de venda de ingressos, Thierry Weil, recebeu um grupo de representantes dos meios de comunicação para esclarecer dúvidas a respeito do processo de vendas e apresentar o Guia do Torcedor para a Compra de Ingressos - um documento claro e simples com detalhes sobre todos os passos para se adquirir entradas para o maior torneio do planeta.

 

 

Na Arena de São Paulo, palco da partida de abertura da competição, Weil respondeu a questões relativas sobretudo à primeira fase de vendas, que tem início às 7h (horário de Brasília) deste dia 20 de agosto e se estende até 10 de outubro. Nesse período não terá importância a data de solicitação dos ingressos, pois todos os pedidos serão reunidos e processados conjuntamente ao final desta etapa. Se o número de solicitações recebidas por jogo e categoria exceder a quantidade de ingressos disponíveis, será feito um sorteio para determinar os solicitantes contemplados.

 

 

Weil salientou os avanços que foram feitos em relação ao processo de vendas realizado na Copa das Confederações da FIFA Brasil 2013. “Nós aprendemos com a Copa das Confederações e, para melhorar o sistema de vendas, decidimos abrir mais Centros de Distribuição de Ingressos e em locais de fácil acesso à população. Além disso, esses centros serão abertos mais cedo – a intenção é que estejam funcionando desde 15 de abril, pensando sobretudo na população brasileira”, destacou o diretor de Marketing da FIFA, que anunciou ainda uma nova opção, de se solicitar os ingressos para entrega em domicílio, por correio. “Os torcedores terão a oportunidade de escolher entre recolher os ingressos nos Centros de Distribuição ou para recebê-los em suas casas, em qualquer lugar do mundo.”

 

 

Os preços relativos ao envio de ingressos em domicílio será informado caso a caso, depois de confirmado que o solicitante foi sorteado. A entrega por correio só não será possível para pedidos que incluam clientes que têm direito a ingressos com descontos – e que, portanto, devem apresentar documentos para confirmar essa condição: cidadãos com mais de 60 anos, estudantes e beneficiários do Bolsa Família. A primeira fase deve colocar à venda cerca de um milhão de ingressos, dos quais aos menos 300 mil serão de categoria 4, oferecidos prioritariamente a clientes que se encaixam nessas condições.

 

 

Depois do sucesso de público da Copa das Confederações, as expectativas para venda de ingressos para o Mundial são, naturalmente, otimistas - embora Thierry Weil tenha tratado de explicar as peculiaridades do processo. “Falar em previsão ou expectativa de vendas é sempre algo complicado. Pessoalmente, imagino que estaremos diante de uma procura similar àquela que houve na Alemanha 2006, quando havia, em média, cerca de sete solicitantes para cada ingresso”, comentou ele. “Mas, cada situação é bem específica. Na África do Sul 2010, por exemplo, vendemos 1,9 milhão de ingressos, mas uma grande parte desses era vendida já durante o torneio, logo antes do jogo – porque, culturalmente, é como se compram ingressos lá.”

 

 

Fonte: FIFA.com 

Compartilhar
Av. Joana Angélica, n.° 399, Ed. Fernando José - Nazaré, tel: 55 71 3202-3602 / 3202-3608