Para impulsionar a promoção das festas juninas, que acontecem na mesma época que o Brasil sediará a Copa do Mundo de Futebol, a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) lançou uma série de ações para apresentar os festejos ao mundo. Entre os diversos projetos para divulgar os eventos, a Vivência Brasileira é um dos que se destacam.

 

 
A primeira edição do evento ocorrerá nesta quinta-feira (22), em um restaurante em Roma, na Itália. O ponto alto do projeto serão sempre as apresentações culturais. Desta vez, a manifestação cultural Bumba-Meu-Boi será o carro-chefe da Vivência Brasileira. O grupo maranhense Boi de Morros encenará a dança folclórica na Praça Navona, que fica em frente ao restaurante onde será realizada a ação.

 

Na programação, voltada para operadores de turismo, jornalistas e público final, estão também marcadas exposições sobre as principais manifestações culturais que ocorrem durante o mês de junho no Brasil. Além disso, a Embratur servirá um cardápio com pratos típicos do período, como pé de moleque, cocada, bolo de fubá, arroz de carreteiro, entre outros.

“A Embratur está alinhando ações para transformar as festas juninas em um produto consolidado no exterior. Precisamos acrescentar ao imaginário coletivo mundial uma nova imagem do Brasil, neste caso,  a nossa cultura junina. Queremos que o turista estrangeiro associe o Brasil também a esses festejos, assim como já faz com o carnaval”, ressaltou o presidente da Embratur, Flávio Dino.

 

 

Festejos Juninos

 

 

 

Recentemente, a Embratur anunciou o lançamento de um edital de chamamento público no valor de R$ 3 milhões para que  estados e municípios apresentem projetos de divulgação  das festas juninas. O edital deve ficar pronto até setembro. O objetivo é  transformar as festas juninas em um ícone da cultura brasileira no exterior.

 

 

Para concretizar a ideia, o Instituto já está desenvolvendo ações juntamente com os estados das regiões Norte e Nordeste, onde as festas têm forte tradição e apelo turístico. Além disso, o Instituto também está organizando uma série de ações de marketing, comunicação digital e participação em feiras internacionais para promoção dos festejos.

 

 

O Bumba-Meu-Boi

 

 

A dança folclórica do Bumba-Meu-Boi é um dos traços marcantes na cultura brasileira, principalmente na região Nordeste. Surgiu no século XVIII como uma forma de crítica à situação social dos negros e dos índios e é uma celebração múltipla que congrega diversos bens culturais associados. Vale destacar os diversos tipos de artesanato, como os bordados do boi, os adereços, a confecção de instrumentos musicais, além da riqueza das tramas e  dos personagens.

No estado do Maranhão, o Bumba-Meu-Boi está muito associado aos Festejos Juninos. Durante o mês de junho, as festas, tipicamente brasileiras, incorporam também mais de 230 apresentações dessa manifestação que em cada região recebe um nome diferente, sendo os mais famosos: Boi-Bumbá (Amazonas e Pará), Boi Calemba (Pernambuco), Boi-Janeiro (Bahia) e Bumba-Meu-Boi (Maranhão, Rio Grande do Norte e Alagoas).

 

Mercado italiano

Em 2012, a Itália ocupou o segundo lugar entre os emissores europeus. Mais de 230 mil italianos desembarcaram em terras brasileiras.  A escolha de Roma para dar início à promoção dos festejos juninos está relacionada pela semelhança entre os evento folclóricos que são realizados nos meses de julho e agosto na Itália.

 

Fonte: Assessoria Embratur

Compartilhar
Av. Joana Angélica, n.° 399, Ed. Fernando José - Nazaré, tel: 55 71 3202-3602 / 3202-3608