Em audiência pública realizada na tarde desta quarta-feira (16.10) na Comissão de Turismo e Desporto da Câmara dos Deputados, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, ressaltou a importância da nacionalização dos megaeventos esportivos . Como exemplo, citou cidades que serão Centros de Treinamento de Seleções (CTS) durante a Copa do Mundo FIFA 2014.

“A Copa também abre possibilidades para cidades que não são sedes, por causa dos Centros de Treinamento. Quem escolhe é a Seleção, mas uma delas pode ficar hospedada em Maceió, por exemplo, e jogar no Estádio Rei Pelé. Ou ficar em Florianópolis, ou em Caxias do Sul, ou em Campinas, ou São Luís, ou Aracajú. A Copa vai estender seus benefícios”, disse o ministro.

Quando perguntado sobre a destinação de parte dos lucros da FIFA com a Copa de 2014 para o investimento na base no futebol brasileiro, Aldo disse que reforçará o tema perante a entidade. “A ideia é antecipar parte desses recursos, a FIFA vai estudar a melhor forma de fazer isso”.

Preços dos ingressos

A preocupação como aumento do preço dos ingressos nas novas arenas foi reforçada pelo ministro na audiência. “Não se pode excluir o povo das arenas. Nós precisamos levar o “geraldino” para a cadeira, aquela pessoa que ia para a geral. É ruim ver jogo na geral. Já fizemos reuniões com alguns clubes e operadores de estádios e soluções estão sendo buscadas. No estádio do Corinthians, por exemplo, o Andrés Sánchez já disse que terá 40% dos ingressos a preços populares.”

Superlotação em Natal

Aldo Rebelo defendeu a importância da construção da Arena Dunas em Natal e lembrou o tumulto que ocorreu no estádio Frasqueirão, em 5 de outubro, pouco antes do jogo entre ABC e Palmeiras pela Série B. “A superlotação foi um problema, não havia estádio capaz de suportar a quantidade de torcedores, mas tem gente que insiste em dizer que não se deve ter estádio novo em Natal”, disse.

Balanço da Copa

O ministro também falou que um novo balanço dos investimentos ligados à Copa deve ser divulgado até o fim do ano. “O Tribunal de Contas nos pediu duas informações: uma que nós temos, que é a renúncia fiscal de tributos federais, mas  há também renúncia fiscal de tributos estaduais e municipais. Nós estamos consolidando esses dados para a divulgação”, explicou.

 

Fonte: Portal da Copa

Compartilhar
Av. Joana Angélica, n.° 399, Ed. Fernando José - Nazaré, tel: 55 71 3202-3602 / 3202-3608