Visão estratégica dos legados dos grandes eventos esportivos – Copa do Mundo foi o tema da reunião realizada na tarde de ontem (31/10), no prédio da Desenbahia em Salvador.

Participaram do encontro, 16 secretarias sistêmicas para o Plano Operacional da Copa do Mundo da FIFA 2014™. Os órgãos vêm nas transformações e nas oportunidades trazidas pela realização dos megaeventos esportivos uma forma de construir e deixar legados para toda a população, o debate foi mediado pelo Secretario Estadual da Copa na Bahia, Ney Campello.

Durante a conversa foram expostos os principais legados físicos, sociais e institucionais em construção na cidade, entre eles as inovações em termos de equipamentos, como a construção da Arena Fonte Nova, o terminal de passageiros do porto e aeroporto da capital baiana.

Além disso, foi pedido aos participantes das secretarias, que fizessem um mapeamento de informações dos principais legados que serão apresentados com o planejamento da copa, visão estratégica, ações, iniciativas, oportunidades nas áreas de: infraestrutura, urbano, esportivo, direitos de cidadania, sociocultural, econômico, ambiental, político e intangível.  

 “Uma reunião muito produtiva, onde conseguimos consolidar e sistematizar as iniciativas de legados que são próprias ou resultantes dos megaeventos esportivos e uma oportunidade de também uniformizar e elencar todas as iniciativas que estão em curso no Estado”, pontuou Campello.   

O Estado baiano terá uma reunião no próximo dia 07 de novembro, com a presença dos representantes, na área de legados, dos Governos Federal, Estadual e Municipal, para uniformizar os conceitos e ampliar e sistematizar as iniciativas realizadas pela sede.

 

Fonte: Secopa

Compartilhar
Av. Joana Angélica, n.° 399, Ed. Fernando José - Nazaré, tel: 55 71 3202-3602 / 3202-3608