Na manhã desta terça-feira (28), representantes do poder público estadual e municipal, organizações da sociedade civil, nacionais e internacionais, e adolescentes engajados na luta pela democratização do esporte se reuniram na sede da Fundação Luis Eduardo Magalhães, no Centro Administrativo da Bahia, para discutir sobre os projetos que serão realizados em Salvador com vistas à Copa do Mundo.

O evento, intitulado 1º Encontro Baiano de Adolescentes pelo Direito ao Esporte Seguro e Inclusivo, lança a Rede Juvenil pelo Esporte (REJUPE) na Bahia. Na ocasião, foi possível ao poder público mostrar aos adolescentes as ações já realizadas e as planejadas para serem realizadas na cidade, ao tempo em que os representantes municipais e estaduais ouviram as sugestões, críticas e reivindicações desta significativa parcela da população que, infelizmente, ainda possui pouco acesso ao processo de elaboração de políticas públicas.

Segundo o oficial para Assuntos Governamentais do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), Mário Volpi, a preparação para megaeventos esportivos é uma oportunidade de transcender as discussões sobre as obras de infraestrutura e focar nos legados que irão ficar para as cidades. “É preciso entender que o esporte é mais do que um instrumento para implementação de ações sociais. Ele tem que ser tratado como um direito das pessoas. Queremos trazer os adolescentes para o centro deste cenário, na construção de legados”, destacou Volpi.

Representando o Escritório Municipal da Copa do Mundo da FIFA (ECOPA), o coordenador de esportes, Emerson Ferretti, destacou a iniciativa. "A REJUPE é uma iniciativa que possibilita conhecer as reais necessidades dos adolescentes, que podem ser inseridas na elaboração dos projetos", afirmou. Além disso, o ex-goleiro apresentou as ações municipais voltadas para o público infanto-juvenil, como a criação de escolinhas de futebol, requalificação de campos em comunidades menos privilegiadas da cidade, a realização do projeto A Copa vai à Escola, que consiste na interação entre astros do futebol e alunos municipais, incentivo às diversas modalidades esportivas, entre outras.

Ao final do evento, foi realizado um debate entre os palestrantes e os participantes do evento. Entre os órgãos públicos presentes, destacam-se Secretaria Municipal do Trabalho, Assistência Social e Direitos do Cidadão (SETAD), a Secretaria Extraordinária de Relações Internacionais (SERINTER), a Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (SUDESB), Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (SETRE), Secretaria Estadual para Assuntos da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 (SECOPA), além de instituições internacionais, como o UNICEF e o Instituto Internacional para o Desenvolvimento da Cidadania (IIDAC).

 

Compartilhar
Av. Joana Angélica, n.° 399, Ed. Fernando José - Nazaré, tel: 55 71 3202-3602 / 3202-3608