O Uruguai pôde conhecer parte da estrutura brasileira para a Copa do Mundo, quando disputou a Copa das Confederações em 2013 e passou por Salvador, Recife e Belo Horizonte. O técnico Óscar Tabárez elogiou as arenas e a experiência na competição.

“Na minha opinião, foi importante para nós termos participado da Copa das Confederações, porque tivemos um conhecimento maior, até da infraestrutura, que agora servirá para o Mundial, os estádios espetaculares que construíram. Foi uma experiência muito boa”.

Ele acredita que o Brasil organizará bem a Copa e citou os questionamentos que havia há quatro anos sobre a capacidade da África do Sul em receber o torneio. “Cada vez que se aproxima um Mundial há questionamentos. Nessa época, há quatro anos, se dizia que a África do Sul não iria ser capaz de organizar o Mundial, o fez e acredito que de uma boa maneira”.

A Copa das Confederações também serviu para o Uruguai reencontrar o bom futebol que levou a equipe ao quarto lugar no Mundial de 2010, após um período difícil nas Eliminatórias para a Copa de 2014. Tabárez citou as apresentações da “Celeste” contra o Brasil, na semifinal, e contra a Itália, na disputa pelo terceiro lugar, no torneio do ano passado.

“Depois de 2010, ganhamos a Copa América de 2011, vínhamos bem, liderando as Eliminatórias e houve um momento em 2012 que tivemos uma queda de rendimento incrível. Perdíamos muitos pontos, nos goleavam e parecia que estaríamos fora do Mundial. Aí fomos jogar uma partida decisiva em Puerto Ordaz e ganhamos da Venezuela. Isso fez com que viéssemos para o Brasil com outro estado de espírito. Recuperamos coisas que tínhamos encontrado na África do Sul e fizemos partidas equilibradas contra Brasil e Itália”, lembrou.

Forlán

O mesmo renascimento da equipe faz o treinador acreditar que o melhor jogador da última Copa, Diego Forlán, possa reencontrar seu futebol, depois de se transferir do Internacional de Porto Alegre para o Japão. No fim da passagem do atacante uruguaio no colorado gaúcho, ele já estava alternando partidas como titular e como reserva.

“Uma liga com uma base técnica boa, um futebol bem jogado, veloz, com muita influência brasileira. Ele vai com o reconhecimento da sua trajetória pessoal e profissional. Vai como referência na Liga e vai se sentir muito bem. Esse é um passo importante para que chegue bem ao Mundial”, analisou Tabárez.

Centro de Treinamento

Os uruguaios desembarcarão no Brasil no dia 07 de junho para iniciar os treinamentos para a Copa do Mundo no município mineiro de Sete Lagoas. O campo que será utilizado para os treinos será a Arena Jacaré, com capacidade para 20 mil pessoas. A delegação do Uruguai ficará hospedada no JN Resort, que tem 70 quartos e fica a cinco quilômetros do estádio.

Critérios como a qualidade da alimentação, acomodações e estrutura esportiva pesaram na escolha, segundo Tabárez, que ressaltou que as distâncias perdem relevância em um país grande como o Brasil. “Fizemos a análise com base em critérios de escolha, temos que ir a lugares onde a convivência, a alimentação, a recuperação entre as partidas seja a melhor. Esse é um lugar que acredito que nos garante todas essas coisas. Além disso, no Brasil, um país muitas vezes maior que a África do Sul, o tema das viagens aéreas e o tempo com elas passa a perder relevância, porque para qualquer parte que se vá tem que se deslocar muito”.

O Uruguai fará três amistosos contra seleções europeias antes da Copa do Mundo de 2014. A primeira partida será contra a Áustria, no dia 05 de março, em Klagenfurt. Nos dois jogos seguintes, a “Celeste” atuará diante da sua torcida, em Montevidéu, antes de embarcar para o Brasil. No dia 30 de maio, o adversário será a Irlanda do Norte e no dia 4 de junho, o confronto será contra a Eslovênia. Nenhum dos países que os uruguaios enfrentarão na preparação para o Mundial se classificou para o torneio.

“Acredito que a partir de 25 de maio, calculo, vamos estar treinando e tratar de dar um acabamento final na preparação dos atletas. Vamos ter dois amistosos em Montevidéu, no dia 30 de maio e 04 de junho, e calculamos que no dia 07 de junho estaremos aqui no Brasil”, detalhou o treinador.

Jogos da Copa

O Uruguai foi o último campeão mundial a garantir vaga na Copa de 2014. O primeiro desafio dos uruguaios no Grupo D é contra a Costa Rica, no Castelão (Fortaleza), no dia 14 de junho. O jogo seguinte será Uruguai x Inglaterra, que está marcado para o dia 19 de junho, na Arena Corinthians, em São Paulo. A última partida dos uruguaios na fase de grupos é contra a Itália, no dia 24 de junho, na Arena das Dunas, em Natal.

 

Fonte: Portal da Copa 

Compartilhar
Av. Joana Angélica, n.° 399, Ed. Fernando José - Nazaré, tel: 55 71 3202-3602 / 3202-3608