A Prefeitura de Salvador, através da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (SECULT), em parceria com o Escritório Municipal da Copa (ECOPA), lançou oficialmente na tarde desta sexta-feira (09) o projeto Todos Rumo à Copa 2014, que integra o Programa de Educação Esportiva do município, desenvolvido pela SECULT. O evento aconteceu na Escola Municipal Francisco Leite, no bairro de Águas Claras.

 

O projeto tem como principal objetivo aproximar a comunidade escolar de todos os assuntos que envolvem a preparação para a Copa do Mundo 2014, mantendo alunos, professores, diretores e funcionários envolvidos com este importante momento para o país. Presente no lançamento, o gestor do ECOPA, Leonel Leal, parabenizou a diretoria da unidade por incluir a prática esportiva na rotina dos estudantes e lembrou que a Copa deve deixar legados para toda a população de Salvador. “A expectativa é de que a Copa possa trazer mais inclusão social e cidadania para meninos e meninas. Esse legado social é uma de nossas principais metas na preparação da cidade para o megaevento”, disse Leal.

 

Durante o evento, o coordenador de esportes do ECOPA, Emerson Ferretti, ministrou uma palestra sobre a mais importante competição esportiva do mundo, abordando aspectos técnicos e o calendário da Copa. O ex-jogador falou também da importância do incentivo ao esporte e disse que começar ainda na escola pode ser fundamental para o futuro de um atleta. “Começar uma carreira ainda na escola pode ser definitivo para um atleta. Este é o ambiente perfeito para ele mostrar o talento e começar a aprimorar a técnica. Sem esquecer, claro, que esporte e o estudo devem caminhar juntos”, disse. “Quem sabe não sai um campeão daqui de Águas Claras?”, completou incentivando as crianças.

 

Se depender de Enderson Ramos, de 9 anos, o palpite do goleiro Emerson pode se concretizar. No 4º ano do ensino fundamental, ele pratica o futebol na escola e sonha em ser jogador profissional. “Gosto de jogar futebol porque faço amigos. O esporte também me ajuda na disciplina, para estudar. Quando crescer, quero ser jogador”, afirmou convicto.

 

 E quem vai duvidar? Ainda na sexta, durante o lançamento, os meninos participaram de campeonatos de futebol e futsal e receberam medalhas e trofeus ao final da competição. A tarde também foi marcada por apresentações de fanfarras, atividades recreativas e pela inauguração de um mural sobre os eventos relativos à Copa, além do lançamento de uma exposição sobre a história do futebol, com fotos e textos. A diretora da unidade, onde são desenvolvidas atividades como ginástica rítmica, judô, futebol, dança e fanfarra, Adelma Conceição, aprovou a iniciativa. “O mural vai proporcionar o conhecimento gradativo da Copa. Com a atualização quinzenal, os estudantes vão aprender cada vez mais e se envolver com o evento.  Isto eleva a autoestima dos alunos e aprimora o conhecimento”, comemorou Adelma.

 

Já Ivone Portela, coordenadora do Programa de Educação Esportiva da SECULT, acredita que o conhecimento poderá, inclusive, romper os muros da escola e atingir muitas outras pessoas. “É uma reação em cadeia. Se os alunos sabem mais sobre a importância da Copa para salvador, logo toda a comunidade escolar estará envolvida com o assunto e, assim, a informação será levada para os bairros, nesse caso, o de Águas Claras”, concluiu. Outra incentivadora do projeto é Adenildes Teles, da Coordenadoria Regional de Educação de Cajazeiras, que também participou do lançamento.

 

A iniciativa mostra o empenho da Prefeitura de Salvador em envolver todos os bairros de Salvador e suas populações com este evento de grande porte, que deixará para suas sedes importantes legados físicos, sociais e institucionais. 

Compartilhar
Av. Joana Angélica, n.° 399, Ed. Fernando José - Nazaré, tel: 55 71 3202-3602 / 3202-3608