A grande quantidade de bens eletrônicos necessária para a organização da Copa do Mundo da FIFA 2014 resultou em um significativo legado tecnológico. Parte desse material chegará a 64 escolas públicas, além de 26 organizações não-governamentais, das 12 sedes do Mundial graças ao Projeto de Doações de Bens desenvolvido pela FIFA e pelo Comitê Organizador Local (COL). No total, as doações contabilizam mais de dois mil itens, incluindo televisores, laptops, telefones celulares, projetores e DVDs.

O Projeto de Doações de Bens, que já foi levado a cabo na África do Sul, em 2010, tem como objetivo deixar um legado no país-sede, incrementando os recursos das escolas e também das entidades que trabalham o futebol como ferramenta para o desenvolvimento social - como, por exemplo, as oito entidades brasileiras que, durante a Copa, participaram do Festival Football for Hope, na Vila Olímpica Mané Garrincha, no Caju, zona norte do Rio de Janeiro.

É o caso do Instituto Brasileiro de Estudos Especializados Avançados (IBBEA), entidade com sede no próprio bairro do Caju que conta com 3,7 mil pessoas inscritas, em sua maioria crianças de até 13 anos. "Temos uma deficiência de material que não nos permite proporcionar tudo o que gostaríamos aos participantes das 147 turmas dos nossos projetos", explica Marcelo Teixeira, representante do IBBEA no Festival Football for Hope. "Essas doações melhoram muito a qualidade do trabalho que desempenhamos, para impactar ainda mais a rotina das pessoas. Isso vai melhorar a qualidade de vida das crianças e adultos que atendemos diariamente aqui na Vila Olímpica", acrescenta.

 

Portal da Copa

 

Compartilhar
Av. Joana Angélica, n.° 399, Ed. Fernando José - Nazaré, tel: 55 71 3202-3602 / 3202-3608