O 5º Balanço de Ações para a Copa, divulgado nesta segunda-feira (25.11), detalha os investimentos e estágio das obras para Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. Apresenta, também, os resultados positivos da Copa das Confederações, tanto do ponto de vista da organização como de benefícios gerados - empregos, novos negócios e formação dos trabalhadores.

Levando em conta as intervenções em estádios, mobilidade urbana, aeroportos e portos, há 93 obras em andamento ou já concluídas, no valor total de R$ 22,9 bilhões.

O documento também descreve as ações relativas a telecomunicações, infraestrutura de turismo, segurança e defesa, que representam R$ 2,5 bilhões em investimentos. O balanço especifica o valor das instalações complementares montadas para a Copa das Confederações FIFA 2013, que somam R$ 209 milhões. Dessa forma, o total de investimentos previstos é de R$ 25, 6 bilhões.

O balanço detalha ainda políticas públicas potencializadas pela Copa, mas que não estão associadas à Matriz de Responsabilidades, relativas a qualificação profissional, hotelaria, energia, comunicação e promoção.  No anexo, constam as renúncias fiscais relacionadas ao governo federal.

“Os investimentos feitos são para o País, com objetivo principal de aproveitar a grande oportunidade oferecida pelo maior evento esportivo do mundo para alavancar o desenvolvimento, gerar empregos para os brasileiros. O sucesso da Copa das Confederações, em termos de organização e de audiência, é mais um elemento para nossa confiança de que o Brasil realizará uma Copa à altura das expectativas do Brasil e de todo o mundo”, lembra o Ministro do Esporte, Aldo Rebelo.

 

Fonte: Secopa

Compartilhar
Av. Joana Angélica, n.° 399, Ed. Fernando José - Nazaré, tel: 55 71 3202-3602 / 3202-3608