A Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos (Sesge), do Ministério da Justiça, a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil e a Agência Antiterrorismo do Departamento de Estado dos EUA promovem, até 11 de abril, o curso  “Interdição Marítima de Terrorismo”. As aulas tiveram início em 24 de março na cidade de Moyock, Carolina do Norte, nos EUA.

Destinado aos profissionais de segurança que trabalharão em operações fluviais e marítimas nos grandes eventos, o curso combina a aplicação da lei marítima e a segurança portuária. Entre os focos específicos, noções de como terroristas operam em ambiente marinho e estratégias para reconhecer e tratar ameaças.

As aulas são compostas por uma parte teórica, de leitura e discussão, e por uma parte prática, de treino tático e físico, envolvendo exercícios de embarque terrestre e em plataformas. Os participantes aprendem como conduzir embarques de rotina e de alto risco e praticá-los em inúmeros cenários.

Tópicos

Na primeira semana, os alunos foram apresentados a temas como direitos humanos e engajamento comunitário, leis internacionais, tratados e memorandos, ameaças marítimas, aspectos de ameaças químicas, biológicas, radiológicas e nucleares, e reconhecimento de dispositivos explosivos improvisados.

Já na segunda semana, os seguintes tópicos estão sendo abordados: controle e detenção, recuperação e resgate, técnicas de busca em embarcação, aspectos de migração ilegal, procedimentos táticos de embarque em equipe. A terceira semana é destinada à condução de exercícios práticos, incluindo diversos cenários embarcados e um simulado.

Participam das aulas delegados da Polícia Federal e agentes da segurança pública de diversos estados, como Amazonas, Bahia, Ceará, Mato Grosso, Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul. 

 

Fonte: Secopa

Compartilhar
Av. Joana Angélica, n.° 399, Ed. Fernando José - Nazaré, tel: 55 71 3202-3602 / 3202-3608