Uma paisagem deslumbrante. Tão bonita que parece ter sido feita à mão. Uma trilha sonora contagiante, que vai embalar milhões de pessoas pelo mundo. Modelos e voluntários que representam a beleza, a graça e a simpatia do povo brasileiro. Juntos, esses componentes formaram a atmosfera de um evento muito especial: o desfile dos uniformes oficiais dos voluntários da Copa do Mundo da FIFA™, nesta quinta-feira (10/04), no Fashion Rio, na Marina da Glória, no Rio de Janeiro.

Em um momento inédito em suas vidas, 14 voluntários que atuarão na competição em junho e julho dividiram a passarela com a apresentadora Fernanda Lima, a top piauiense Lais Ribeiro, os pentacampeões Cafu e Belletti e as gêmeas do nado sincronizado Bia e Branca Feres na apresentação dos conjuntos conceituados e produzidos especialmente pela adidas para vestir 14 mil voluntários.

Os uniformes serão entregues numa mochila, oferecida pela Johnson&Johnson. O conteúdo varia entre as sedes mais quentes e mais frias durante a época da Copa do Mundo da FIFA™. O kit básico inclui boné, camiseta, calça que vira bermuda, tênis e meia. Enquanto voluntários de Porto Alegre, Curitiba e São Paulo receberão gorro, luvas e casaco de inverno, os das outras sedes receberão um casaco mais fino, próprio para a chuva.

“Trouxemos para os uniformes dos voluntários elementos típicos da natureza, como o sol, ondas, árvores, palmeiras e folhas. Tudo isso ligado ao Carnaval, festa genuinamente brasileira. E as cores refletem a alegria, entusiasmo e paixão do povo pelo evento. Pensando em sustentabilidade, todos os produtos foram feitos com materiais recicláveis”, declarou Rodrigo Messias, diretor do projeto Copa do Mundo FIFA Brasil 2014™, da adidas.

Ao som da canção oficial da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 - “We Are One (Ole Ola)” - lançada pela Sony Music nesta terça-feira (08/04) e interpretada pelos astros Pitbull, Jeniffer Lopez e Cláudia Leite, os voluntários-modelo superaram o nervosismo da primeira vez na passarela e mostraram desenvoltura e descontração.

“Foi a primeira vez que desfilei e acho que fui bem. Sou um cara bastante brincalhão,mas na hora de trabalhar levo tudo muito a sério. Eu até me preocupei em perguntar para as meninas que desfilaram como se fazia aquela voltinha ao final da passarela, em frente aos fotógrafos”, brincou Carlos Alberto de Lima, 66 anos, que vai trabalhar no Maracanã, na área de credenciamento.

Com a experiência de quem já desfilou nos mais importantes eventos de moda do mundo, Fernanda Lima e Lais Ribeiro aprovaram a performance dos “companheiros de primeira viagem” e elogiaram os uniformes.

“Achei os uniformes bonitos, confortáveis e com a cara do Brasil. Os voluntários ficarão bem à vontade vestindo essas roupas e vão poder desempenhar bem o seu trabalho. Nosso povo é extremamemte hospitaleiro e tenho certeza que os voluntários vão receber bem e ajudar os torcedores durante os jogos da Copa do Mundo”, disse Fernanda Lima.  

A top Lais Ribeiro, eleita recentemente a 15ª mais sexy do mundo pelo ranking do segmento, comemorou o fato de estar fazendo parte de um evento importante na preparação para a Copa do Mundo. “Eu me sinto privilegiada por poder estar aqui, participando deste desfile. E esse uniforme, supercolorido, é mesmo a cara do Brasil. Está aprovadíssimo”, analisou.

Após muitos anos “desfilando”, conduzindo a bola pelos melhores gramados do mundo, Cafu e Belletti reconhecem a importância de um uniforme confortável e de alta qualidade. “Todo mundo quer usar um uniforme confortável para desempenhar a sua função. Uma boa roupa, de alta qualidade. E esse uniforme dos voluntários é impressionante. É gostoso de usar e é mais uma bela surpresa da Copa do Mundo no Brasil”, disse Belletti.

“Um uniforme confortável é tudo o que um atleta quer. O mesmo vale para qualquer profissional e não é diferente com os voluntários da Copa do Mundo. Quando você usa um uniforme bem produzido, acaba trabalhando com mais satisfação. Este uniforme é fantástico e ainda retrata, com suas cores e desenhos, um pouco da alegria do povo brasileiro”, comentou Cafu, duas vezes campeão mundial com a seleção brasileira, em 1994 e 2002.

Com a experiência de quem está sempre participando de grandes eventos esportivos pelo mundo, as gêmeas do nado sincronizado brasileiro Bia e Branca Feres lembraram a importância dos uniformes para os voluntários. Para os torcedores, eles funcionam como fator de identificação de alguém que poderá ajudá-los em caso de necessidade.

“Quando um atleta ou torcedor precisa de ajuda, vai atrás de um voluntário. E este uniforme vai desempenhar a função de chamar a atenção durante a Copa do Mundo. Está colorido e lindo”, disse Branca. “Como atleta, estou sempre usando roupas como essas. Para mim, são roupas de dia a dia. O uniforme está lindíssimo”, completou Bia.  

Os convidados do lançamento dos uniformes dos voluntários da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014™ receberam, em primeira mão, o CD “Ola Brasil”, da Sony Music, que traz grandes sucessos internacionais que vão embalar a torcida nos estádios durante a competição.

Os parceiros comerciais da FIFA estão desempenhando um papel fundamental para dar todo o apoio necessário para que os voluntários da Copa do Mundo desempenhem seu papel da melhor forma possível. Além das mochilas, a Johnson&Johnson oferecerá acompanhamento médico nos centros de voluntários localizados nos 12 estádios da competição. Já o McDonald’s oferece treinamento para que os voluntários desenvolvam suas habilidades e estejam prontos o trabalho durante a Copa do Mundo da FIFA.

 

Fonte: Secopa

Compartilhar
Av. Joana Angélica, n.° 399, Ed. Fernando José - Nazaré, tel: 55 71 3202-3602 / 3202-3608