Itaipava Arena Fonte Nova

Principal palco de futebol do estado baiano, a Itaipava Arena Fonte Nova é, ao mesmo tempo, símbolo de tradição e inovação para os baianos. Tradição, pois mantém o formato original de ferradura, com abertura para o Dique do Tororó, respeitando o projeto inicial do arquiteto Diógenes Rebouças, finalizado em 1971. Inovação porque, além do futebol, o equipamento tem caráter multiuso, onde poderão ser realizados grandes shows musicais e eventos culturais, fortalecendo a posição de Salvador nos circuitos nacional e internacional.

Além disso, o espaço poderá abrigar eventos simultâneos nos Camarotes Premium, e dispõe de restaurantes, quiosques de alimentação e eventos, como feiras, congressos, casamentos e formaturas. Isso significa que a arena se transformou em um importante centro de atividades econômicas, contribuindo para o desenvolvimento da cidade e do estado.

 

Reinauguração

Com o nome oficial de Estádio Otávio Mangabeira, a antiga Fonte Nova foi demolida no dia 29 de agosto de 2010 e estima-se que, em apenas 17 segundos, o equipamento transformou-se em mais de 77 mil toneladas de entulho e concreto.

Depois da realização da implosão, o equipamento efetivou um processo inédito no Brasil e o segundo realizado na América Latina: o Big Lift, grande içamento dos cabos de aço tensionados da cobertura, que reuniu uma equipe altamente qualificada de engenheiros da Alemanha, Suíça, França e Estados Unidos. Foi a primeira arena no mundo a receber Certificação Internacional de Qualidade ISSO 9001 do Sistema de Gestão de Qualidade para o Escopo de Construção de Arenas Multiuso.

 

 

 

A Itaipava Arena Fonte Nova foi reentregue à população no dia 05 de abril de 2013, em uma cerimônia oficial com a presença da presidente Dilma Rousseff, que deu o pontapé inicial no gramado. No dia 07, o espaço foi inaugurado com o clássico baiano Ba-Vi, antecedido por um show que contou com a participação de ícones da música baiana, como Ivete Sangalo, Claudia Leitte e Margareth Menezes.

 

Sustentabilidade

A sustentabilidade é uma das preocupações da Itaipava Arena Fonte Nova, desde o início das ações de recuperação. Todo o concreto do estádio implodido foi reciclado e reaproveitado no próprio canteiro de obras. Durante o período de construção, foi feito um programa de reutilização de papel, canos de PVC, reciclagem de óleo de cozinha e uniformes descartados serviram de matéria-prima para a confecção de sacolas ecológicas, aventais e jogos americanos no Projeto Axé. Após concluída, a arena possui uma cobertura com um sistema que reutiliza a água para a irrigação do gramado e uso nos sanitários.

 

  

A Arena Fonte Nova na Copa das Confederações da FIFA

 

 

 

A Fonte Nova esteve entre as seis arenas que sediaram os jogos da Copa das Confederações da FIFA Brasil 2013 e, em pesquisa realizada pelo site Uol, foi o estádio melhor avaliado pelos torcedores brasileiros. O equipamento foi palco dos jogos Nigéria-Uruguai (20/06), Brasil-Itália (22/06) e Itália-Uruguai (30/06), sendo que o último foi a decisão do terceiro lugar.

 

 


Conheça mais a Arena Fonte Nova clicando aqui:
www.arenafontenova.com.br 

Compartilhar
Av. Joana Angélica, n.° 399, Ed. Fernando José - Nazaré, tel: 55 71 3202-3602 / 3202-3608